sexta-feira, 31 de julho de 2009

Governo Confirma Nova Base no Ceará Segundo O POVO


Olá leitor!

Segue abaixo o terceiro capítulo do dia da novela sobre a suposta construção de uma nova base de lançamento para o Programa Espacial Brasileiro que publicada hoje dia 31/07 dessa vez pelo site do jornal O POVO ONLINE do Ceará.

Duda Falcão

Governo Confirma Base de Lançamento de Foguete no CE

Dalviane Pires
da Redação
31/07/2007


As negociações entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Governo do Estado para a instalação de uma nova base de lançamento de foguetes no Ceará estão avançadas. A localização da base ainda não está definida, mas o Governo descarta a possibilidade de ser no Pecém.

O Ceará deve abrigar a nova base de lançamento de foguetes dentro do Programa Espacial Brasileiro. As negociações com o Governo do Estado estão sendo feitas através da Agência Espacial Brasileira (AEB), vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

De acordo com a assessoria de imprensa do Governo, apesar dos entendimentos sobre o assunto estarem avançados, a localização da nova base, chamada de Complexo Espacial Brasileiro (CEB), ainda não está definida. Sobre a informação publicada ontem no Valor Econômico (publicada aqui no blog, veja a nota Governo Discute em Reunião Nova Base de Lançamento) de que a base seria implantada próximo ao Pecém, em São Gonçalo do Amarante, a assessoria explica que “a exigência é que seja disponibilizada uma área de seis mil hectares no litoral (60 km², uma área equivalente ao tamanho do município de Guaramiranga)” e descarta a possibilidade da base ser implantada próximo ao Complexo Industrial.

Não ser no Pecém se justifica pela tendência de crescimento da região com a chegada de grandes empreendimentos como siderúrgica, termelétrica, refinaria, além de outras indústrias que devem ser atraídas para o Complexo nos próximos anos.

O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), no Rio Grande do Norte, por exemplo, teve as atividades reduzidas, sendo substituído pelo Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, justamente por conta do crescimento urbano em seu entorno. A base no Ceará é complementar à base maranhense, que continuará em atividade. A área a ser escolhida no Ceará deve ser pouco povoada, mas precisa oferecer condições de infraestrutura como estradas e aeroporto.

Os motivos

Inicialmente o CEB seria construído no Maranhão, próximo à base de Alcântara. O projeto, no entanto, foi prejudicado no fim do ano, quando Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) baixou uma portaria decretando que 78 mil hectares dos 114 mil hectares que constituem a península de Alcântara como pertencentes à comunidade quilombolas.

Segundo informações da Agência Brasil, divulgadas no começo de julho, a área em estudo para abrigar a nova base reúne as características que mantêm a competitividade de Alcântara em relação aos centros internacionais de lançamento. O Ceará foi escolhido por estar próximo à linha do Equador, o que garante a economia de até 30% sobre o consumo de combustível. Além disso, o Estado está localizado no litoral é uma condição de segurança necessária para a atividade espacial.

O POVO apurou que a vantagem do Ceará possuir uma base de lançamento de foguetes está principalmente no fato de o Estado passar a ser, juntamente como o Maranhão, um pólo de referência em pesquisa espacial. Especula-se que próximo à futura base sejam construídos hotéis a fim de atrair extensões universitárias voltadas para a tecnologia espacial.

A AEB informou, através da assessoria de imprensa, que apenas o presidente da Agência, Carlos Ganem, se pronuncia sobre o assunto, mas estava em viagem.

E MAIS

- Não é raro um país ter centros de lançamento de foguetes localizados em regiões diferentes.

- O Programa Espacial Brasileiro começou em 1961 com a criação da Missão Espacial Brasileira (MEB), sucedida pela Missão Espacial Completa Brasileira (MECB) em 1980.

- O Programa tem como objetivo desenvolver veículos lançadores de foguetes com capacidade para transportar satélites e plataformas espaciais de pequeno, médio e grande porte em diferentes órbitas.

- A base de Alcântara, no Maranhão, é considerada uma das melhores do mundo pela sua localização geográfica, por estar a dois graus da linha do Equador.

- Apesar disso, em 2003 o Veículo Lançador de Satélites brasileiro explodiu na base de Alcântara, três dias antes do seu lançamento, matando 21 cientistas.

- Para receber a nova base, as condições climáticas do Ceará são favoráveis: clima estável, regime de chuvas bem definido e ventos em limites aceitáveis, podendo lançar foguetes praticamente durante todo o ano.

- Atualmente a Agência Espacial Brasileira (AEB) está sob controle civil, mas era de controle militar. Alguns atribuem a mudança a pressões dos Estados Unidos. Outros acreditam que foi decorrente da mudança de foco do programa espacial, decorrente da chegada de civis à Presidência da República.


Fonte: Jornal O POVO ONLINE do Ceará via site da Força Aérea Brasileira - NOTIMP: 212/2009 de 31/07/2009

Comentário: O que dizer desse samba do crioulo doido? A não ser que ou a mídia esta fazendo terrorismo visando prejudicar o PEB (o que eu não acredito, apesar de algumas vezes a mesma cometer erros) ou essa gente está em pé de guerra. Teremos que aguardar a tal da reunião da próxima terça-feira entre os interessados e o presidente Lula para ver como vai terminar essa estória toda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário