sábado, 30 de janeiro de 2010

Comenta-se nos Bastidores que RALCam 3 Estaria em Risco


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (29/01) pelo companheiro jornalista André Mileski no seu blog “Panorama Espacial” destacando que segundo se comenta nos bastidores do PEB a câmera inglesa "RALCam 3" estaria ameaçada de não voar mais com o satélite brasileiro Amazônia-1.

Duda Falcão

Amazônia-1: RALCam 3 em Risco

29/01/2010

Há algumas semanas, circula nos bastidores "espaciais" a informação de que a câmera inglesa RALCam 3, a ser fornecida pelo Rutherford Appleton Laboratory - Science & Technology Facilities Council (RAL-STFC) para o satélite de observação terrestre Amazônia-1, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), poderia não voar mais com o satélite brasileiro. A razão seria a necessidade de alteração na órbita do Amazônia-1, em cerca de 80 km, para a operação do imageador europeu, de alta resolução.

Em princípio, o satélite do INPE, que deve subir ao espaço a partir de 2012, deveria contar com dois sensores óticos: a RALCam 3, e a AWFI, carga útil principal atualmente em desenvolvimento pela indústria Opto Eletrônica, de São Carlos (SP).

O blog entrou em contato com o diretor do INPE, Gilberto Câmara, a fim de esclarecer oficialmente o assunto. Câmara respondeu: "Quanto ao Amazônia-1, temos dificuldades para incluir a RALCAM, devido aos custos adicionais necessários para compor a carga útil. Estamos em negociação com o governo do Reino Unido para compartilhar os custos adicionais."

Em breve, voltaremos a abordar este tema, dando mais informações.


Fonte: Blog “Panorama Espacial“ - André Mileski

Comentário: Péssima notícia para esse satélite que já está atrasado mais de 25 anos (esse projeto é da época da antiga Missão Espacial Completa Brasileira - MECB), e faz parte da classe dos projetos metamórficos do PEB (antes era chamado de Satélite de Sensoriamento Remoto 1 - SSR-1). Certamente essa indefinição atrasará ainda mais esse projeto, coisa que infelizmente é muito comum nesse programa que é uma total bagunça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário