quarta-feira, 31 de março de 2010

Curtas do PEB


Olá leitor!

Segue abaixo algumas notícias sobre o PEB.

Novo Lançador: Recentemente durante a realização do chat sobre a “Política Espacial Brasileira” realizado pelo portal “E-Democracia”, o Cel Eng. Carlos Antônio Kasemodel, Vice-Diretor de Espaço do IAE/DCTA, disse que o Brasil estaria desenvolvendo um novo lançador de pequeno porte com a DLR alemã. Como o blog não pode participar do chat enviamos um e-mail ao coronel Kasemodel solicitando maiores informações sobre este e outros assuntos. Coronel o Blog aguarda sua resposta.

Cooperação Espacial Sino-Brasileira: A agência “EFE” de notícias acaba de informar que durante a visita oficial ao Brasil do presidente chinês Hu Jintao, que ocorrerá nos dias 15 e 16 de abril deste ano, serão assinados diversos acordos visando o aumento da cooperação de suas instituições de pesquisa nesse campo, além de concretizar o lançamento, em 2011 do satélite conjunto "CBERS-3", quarto lançado pela parceria que é dedicado à monitoração de colheitas e desastres naturais, entre outras aplicações.

Novo PNAE: Os estudos sobre o novo “Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE)” estavam previsto para serem finalizados em fevereiro deste ano e a expectativa é que esta nova versão pelo menos dure o tempo previsto para sua vigência, que nas versões anteriores eram de 10 anos e que nunca foram cumpridos. Além disso, o que se comenta nos bastidores é que esse PNAE do Ganem poderá simplesmente acabar com diversos projetos em andamento ou planejados, aumentando ainda mais a falta de foco do programa espacial.

ACS: Estava previsto para este mês de março a liberação pelo IBAMA da “Licença Prévia de Instalação (LPI)” do “Sítio de Lançamento do Cyclone-4” da empresa bi-nacional “Alcântara Cyclone Space (ACS)”, segundo informou o coronel aviador Ricardo Rodrigues Rangel, diretor do CLA, durante a realização do “I Workshop de Engenharia Aeroespacial” ocorrido em São Luís (MA) na primeira quinzena deste mês. Até o momento isto parece não ter ocorrido consolidando ainda mais a crença do blog de que este programa já nasceu morto e se for à frente, só aumentará ainda mais o prejuízo do erário público.

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário