sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Animações Para Crianças Sobre Atividades do INPE Estão Disponíveis na Internet

Caro leitor!

Segue abaixo leitor uma nota postada ontem  (05/10) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que Animações Para Crianças Sobre Atividades do INPE estão disponíveis na internet.

Duda Falcão

Animações Para Crianças Sobre Atividades
do INPE Estão Disponíveis na Internet

Quinta-feira, 05 de Outubro de 2017

Cinco animações abordando a presença da luz no nosso cotidiano, relacionadas às áreas de atuação do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), estão disponíveis na Internet para uso nas escolas de ensino fundamental. O material, dirigido a crianças de 7 a 10 anos, tem como objetivo apoiar atividades de professores dos Anos Iniciais (1º ao 5º ano) em sala de aula.

A iniciativa, pioneira nessa faixa etária, é resultado do projeto “Viva o Sol!” de popularização da ciência, desenvolvido conjuntamente pelo INPE e Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos. Também integra o projeto um caderno de orientação didática para o professor, com conceitos básicos sobre os temas abordados e sugestões de como trabalhar com os alunos.

Acesse as animações:






Uma Construção Coletiva

Em edital inédito lançado em 2015, o governo federal, com o patrocínio do Instituto TIM, convidou as instituições de pesquisa a desenvolverem materiais de popularização da ciência dirigidos a crianças de 4 a 10 anos, tendo como tema a “Luz”. O INPE aceitou o desafio, propondo o projeto Viva o Sol!, para a produção de animações curtas abordando aspectos da interação da radiação e da atividade solar com a vida na Terra.

Tendo em vista o forte vínculo do tema com as várias áreas de atuação do Instituto (Meteorologia, Observação da Terra, Ciência do Sistema Terrestre, Clima Espacial), considerou-se oportuno e relevante encampar essa iniciativa, como forma de ampliar o espectro do público atingido pelas suas ações de difusão do conhecimento científico e tecnológico. Esse primeiro contato da criança com o INPE representa uma porta de entrada para seu interesse pela ciência e os benefícios que ela pode trazer à sociedade.

Para que o material fosse aproveitado da melhor forma, fornecendo resultados e subsídios que permitissem aferir a sua contribuição para a divulgação da ciência e a qualidade da recepção e da percepção por parte do público-alvo, era necessário ir além da simples publicação das animações na Internet. Assim, o INPE contou com o apoio de especialistas em Educação da Prefeitura de São José dos Campos, visando, principalmente, alinhar o conteúdo das animações e o caderno de orientação didática às expectativas e diretrizes da Matriz Curricular da Secretaria de Educação e Cidadania.

A percepção e avaliação das experiências do trabalho que está sendo desenvolvido em sala de aula neste segundo semestre de 2017, em São José dos Campos, estão sendo compartilhadas por professores e orientadores pedagógicos da rede municipal de ensino em um blog. O material será útil para outros educadores e também para uma eventual adequação do caderno de orientação didática, em suas futuras edições.

Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário