sábado, 14 de outubro de 2017

COBRUF 2017 - As Atividades da Equipe Minerva/Júpiter e Seu Foguete Impérius

Olá leitor!

Apesar da iniciativa não ter obtido o apoio da mídia brasileira como deveria, como já informamos aqui anteriormente, a Associação COBRUF realizou (veja aqui) de 25 a 30/09 no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Parnamirim-RN, um evento histórico, importante e marcante para as atividades espaciais universitárias do país na área de Foguetemodelismo, colocando em prática o conhecimento adquirido por esses estudante que são a única esperança que resta ao nosso combalido e abandonado Programa Espacial de Brinquedo (PEB) nesta área de foguetes.

Pela primeira vez duas missões universitárias, uma delas completa (com carga útil abordo), foram realizadas com sucesso desta Base Espacial Brasileira, sendo a missão do “Foguete-Padrão 2 (FP2)” da Associação COBRUF a missão completa citada, e a missão do “Foguete Imperius” da Equipe Minerva/Jupiter (uma parceria entre a Equipe Minerva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e a Equipe do Projeto Júpiter da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – USP) o objeto deste artigo.

Porém antes de abordamos a Missão da Equipe Minerva/Júpiter, vale lembrar para registro histórico que a primeira missão com um foguete universitário realizada do CLBI (veja aqui) ou de uma Base Espacial oficial do País, foi uma missão estrangeira denominada “Operação WARR”, operação esta realizada de 18 a 21 de maio de 2015 pelo “Grupo de Trabalho Científico Para Foguetes e Vôos Espaciais” (WARR) da Universidade Técnica de Munique (TUM), e teve como objetivo o lançamento do foguete hibrido WARR-Ex 2, lançamento este feito com sucesso.

Posteriormente em dezembro de 2016, a própria Associação COBRUF realizou a primeira edição de sua competição de foguetes, ou seja, a ‘COBRUF Beta’, mas que infelizmente foi finalizada com o insucesso no lançamento do Foguete-Padrão 1 (FP1), foguete este desenvolvido para o evento.

Pelo que se sabe, fora as atividades da Associação COBRUF, a única missão universitária com foguete prevista para ocorrer brevemente do CLBI (creio que no início de 2018) é a "Missão Dragão do Mar" do “Grupo de Desenvolvimento Aeroespacial (G.D.Ae.)” da Universidade Federal do Ceará (UFC). Vamos aguardar e torcer pelo sucesso desta missão cearense e que a mesma sirva de exemplo para outras equipes do país.

Pois então, voltando a Missão da Equipe Minerva/Júpiter, a mesma foi concluída com o lançamento bem sucedido (veja os vídeos abaixo) do “Foguete Imperius”, isto no ultimo dia do evento (30/09), e mesmo o foguete não sendo recuperado pela equipe, obteve da organização do evento os seguintes troféus e menções honrosas:

* Campeã Geral de Foguetes Avançados;
* Campeã de Operação Aeroespacial;
* Campeã de Pesquisa Aeroespacial;
* Menção Honrosa em Operação Profissional;
* Menção Honrosa em Transferência Tecnológica;
* Menção Honrosa em Interdisciplinaridade Aplicada; e
* Menção Honrosa em Espírito de Equipe.

Atividades da equipe durante o evento.

Lançamento do Foguete Impérius da equipe.

Pois é leitor, como você mesmo pode notar, a parceria entre essas duas equipes universitárias resultou num temendo sucesso e uma vez mais vem exemplificar como este modelo cooperativo pode ser exitoso em vários aspectos desta atividade, e o Blog BRAZILIAN SPACE espera que possa ocorrer mais frequentemente como neste exemplo e no próprio exemplo da Cooperação Nacional da Associação COBRUF. Sucesso a todos vocês.

Duda Falcão

2 comentários:

  1. Olá!

    Fico muito feliz com o carinho que o blog sempre tratou nossas iniciativas!

    Fui um dos fundadores do Projeto Jupiter e fico babando de ver a ideia cada vez crescendo mais.

    Começo essa semana meus estudos na TUM e tentarei encontrar o pessoal do WARR. Ver se eles tem possíveis planos de voltar para o Brasil e se eles não tiverem talvez dar uma incentivada de eles participarem da próxima edição da Cobruf!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafael!

      Que notícia sensacional jovem amigo, parabéns para você e sucesso em sua temporada na TUM. Olha, vou ficar na torcida para que você consiga trazer a galera da WARR de volta ao Brasil, quem sabe com uma versão do foguete hibrido 'Frigate' que eles estavam trabalhando no ano passado. Sucesso amigo e estaremos aqui sempre para colaborar.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir