quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Michel Temer Fará Visita Hoje ao Centro de Lançamento de Alcântara

Olá leitor!

Segue uma matéria publicada hoje (05/10) no jornal “O Estado do Maranhão”, confirmando a visita presidencial ao Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), visita esta envolvida de mistérios.

Duda Falcão

POLÍTICA

Michel Temer Fará Visita Hoje ao
Centro de Lançamento de Alcântara

Presidência da República não deu detalhes sobre visita e não permitirá que
imprensa acompanhe o peemedebista em Alcântara; espaço pode
ser cedido para a exploração dos Estados Unidos

O Estado do Maranhão
05/10/2017

Foto: Divulgação
Temer fará visita técnica ao Centro de Lançamento de Alcântara.

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), estará hoje no Maranhão. Ele irá à base de Alcântara para visitar as instalações do Centro de Lançamento. A passagem do peemedebista será rápida e não aberta à imprensa, segundo a assessoria do Palácio do Planalto.

Temer vai ao Centro de Lançamento de Alcântara em um momento em que está em negociação ceder o espaço para os Estados Unidos. A estimativa é de que o governo americano pagaria uma receita anual potencial de até US$ 1,5 bilhão.

O Palácio do Planalto não deu detalhes sobre a visita do presidente da República ao Centro de Lançamento.

O Estado apurou que aliados de Temer no Maranhão – até o fechamento desta edição - não haviam recebido convite oficial para participar da visita presidencial.

O uso da Base de Alcântara é alvo de polêmica desde a gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), que, em 2000, chegou a assinar um Tratado de Salvaguardas para que os americanos utilizassem a base com direito a sigilo total de seu equipamento.

Houve oposição do PT no Congresso ao texto, com apoio de alguns setores militares, que viam na concessão uma violação da soberania brasileira.

Há possibilidade agora de o espaço ser utilizado pelos EUA.

OBS: Reportagem da TV Brasil exibida no programa "Repórter Maranhão" do dia 05/10 informando que o Presidente Temer estava naquele momento deixando Belém (PA) rumo ao estado do Maranhão onde visitaria pela primeira vez o CLA como Presidente da República.




Fonte: Jornal O Estado do Maranhão – pág. 02 - 05/10/2017

Comentário: Pois é leitor, se a mídia não estará lá, vamos aguardar que pelo menos a imprensa oficial divulgue alguma coisa. Entretanto é bastante estranho esta postura e me faz questionar, será que além de Temer alguém que não quer que se saiba de sua passagem pelo Brasil estará em Alcântara??? Algo a se pensar. Aproveitamos para agradecer ao nosso leitor maranhense Edvaldo Coqueiro pelo envio desta notícia. Aproveitamos para agradecer ao nosso leitor Jahyr Jesus Brito pelo envio da reportagem em vídeo.

6 comentários:

  1. meu comentário é a respeito de como se faz uma matéria de um assunto que já foi oficializado e que alguns jornalistas não tem o conhecimento completo e/ou não teve o trabalho de pesquisar sobre a verdadeira questão quanto " -- Temer vai ao Centro de Lançamento de Alcântara em um momento em que está em negociação ceder o espaço para os Estados Unidos. A estimativa é de que o governo americano pagaria uma receita anual potencial de até US$ 1,5 bilhão."

    ( negociação ceder o espaço para os Estados Unidos.)

    a Verdade é que a negociação é de um possível Aluguel de um Sítio apenas aos E.U.A., e não Ceder o Centro de Alcântara por completo como se dar a entender nesse post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pastor!

      Dessa vez você fez um comentário relevante (o autor do texto poderia ser mais explicativo) e é isso, mesmo. São dois acordos em curso, este que é o de ceder um local (área) para instalação de um sitio de lançamento mediante a um aluguel pré-fixado e o outro mais complexo que é o de Salvaguardas Tecnológicas. É claro que um está atrelado ao outro, mais o de Salvaguardas pode ser estabelecido sem a necessidade de se estabelecer o outro de uso da Base, desde que os americanos aceitem. É isso.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Obrigado ! , Duda , seu texto ficou mais claro , assim dá uma ideia que o Governo Federal está alugando um sítio apenas, sítio este que ainda precisa resolver o assunto antigo com os Quilombolas, dentre outros países que também tem o desejo de alugar da mesma forma outros Sítios, todavia esse(s) aluguel de que a estimativa é de que o governo Estadunidense pagaria uma receita anual potencial de até US$ 1,5 bilhão, seria ótimo se essa Grana toda fosse para o nosso Sofrido PEB , vamos sonhar com essa possibilidade, seria excelente caso esse aluguel acontece, vamos agora aguardar que a realidade acontece, pois de sonhos o nosso PEB não suporta mais, é humilhante .

      Excluir
  2. Os Eua já deixaram bem claro quando do acordo com a Ucrânia que qualquer reveita advinda da exploração comercial de Alcântara não poderia ser empregada no PEB (Vide Wikileaks).Os Estadunidenses sempre boicotaram o PEB (Os próprios militares divulgam esse boicote na Internet).

    ResponderExcluir
  3. Exitem documentos oficiais do governo americano deixando claro sobre sua ação para impedir a tecnologia de lançadores. No primeiro acordo de salvaguardas o Brasil não poderia fazer nada sem autorização deles. Duvido que agora seja diferente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sr. Heisenberg!

      Endosso as suas palavras, também duvido que os americanos (conhecendo os tipos de políticos que temos) aceitem um acordo mais conciliador em relação a Salvaguardas Tecnológicas, o que de certa maneira inviabilizaria o outro acordo do uso da Base de Alcântara, mas vamos aguardar os acontecimentos, pois só Pirú morre de véspera.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir