segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Moradores Relatam Suposto Pouso de 'Disco Voador' no litoral de SP

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia de um suposto pouso de um Objeto Voador Não Identificado (OVNI) em Peruíbe, no litoral de São Paulo, na madrugada do dia 07/10 e postada dia (20/10) no site “G1” do globo.com.

Duda Falcão

SANTOS E REGIÃO

Moradores Relatam Suposto Pouso
de 'Disco Voador' no litoral de SP

Marcas na vegetação e relatos de munícipes falam sobre evento
misterioso em Peruíbe. Pesquisadores e Prefeitura investigam.

Por G1 Santos
20/10/2017 - 05h18
Atualizado 20/10/2017 - 13h44

(Foto: Edilson Almeida/Prefeitura de Peruíbe)
Área de suposto pouso foi cercada para investigação.

Equipes da Prefeitura e pesquisadores investigam o suposto pouso de um Objeto Voador Não Identificado (OVNI) em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Moradores relataram terem visto uma luz em um terreno durante a madrugada, e encontraram a vegetação amassada ao amanhecer. A área foi interditada pela prefeitura da cidade para análise.

A propriedade alvo de investigação localiza-se nos fundos de uma casa na Rua 19, no bairro Balneário São João Batista 3, local afastado da região central da cidade. As marcas têm pouco mais de 13 metros de comprimento e dois de largura. O terreno foi cercado pela Prefeitura para evitar aglomerações que prejudiquem o trabalho dos pesquisadores.

"Analisamos nos últimos dias e já constatamos que trata-se de algo que não foi feito por um humano. Foi um OVNI, realmente, que pousou ali em movimentos circulares, de modo que a vegetação foi apenas amassada", explica o pesquisador Saga Susseliton Souza.

Conforme relatos de moradores colhidos por ele, na ocasião do suposto pouso, as residências no entorno ficaram sem energia elétrica. "Temos um casal que relata que viu um feixe de luz nesse terreno e, em outro momento, essa luz se aproximou da casa deles".

(Foto: Edilson Almeida/Prefeitura de Peruíbe)
Vegetação foi amassada, segundo pesquisador
que analisa a área.

O episódio ocorreu na madrugada de 7 de outubro, mas foi mantido em sigilo para não chamar a atenção de curiosos. Na quinta-feira (19), quando foi divulgado pela prefeitura, aproximadamente 100 pessoas se aglomeravam no local que é analisado.

"Estamos em fase de pesquisa, mas já colhemos imagens, analisamos o terreno e ouvimos as testemunhas. Uma delas relata que, às 18h do dia 7, após o ocorrido, viu algo na mata que não foi capaz de identificar. Todos ficaram muito assustados", fala.

O morador da casa ao lado do local do suposto pouso, segundo Saga, que estuda há 35 anos eventuais contatos extraterrestres, relatou náuseas e mal-estar nos últimos dias. "Outro fator comum em situações como essa, mas ele vai ficar bem", garante.

A área é monitorada pela Prefeitura de Peruíbe, que realizou a marcação do terreno e imagens aéreas da vegetação que foi alterada. "Trata-se de um evento rico em detalhes, que podem nos ajudar a esclarecer outras situações nos próximos dias", disse.

Histórico

Há vários anos, a cidade de Peruíbe tem despertado o interesse da comunidade científica. No início de 2010, a antiga administração municipal implantou um 'Roteiro Ufológico' que passa por vários pontos da cidade. O município é um dos poucos do Brasil a possuir um programa destinado a amantes da ufologia e já foi tema de várias revistas especializadas no assunto. A 'aparição' mais recente havia acontecido em 2008, quando uma marca ovalada apareceu no bairro São José.

(Foto: Edilson Almeida/Prefeitura de Peruíbe)
Local do suposto pouso está entre casa.
Vídeo mostrando o local do suposto pouso do OVNI.


Fonte: Site “G1” do globo.com – 20/10/2017

Comentário: Pois é, tem que ser investigado por profissionais competentes e sem preconceito, e não como certos cientistas estúpidos e idiotas que tem por ai com medo de cumprir a sua função por razões ideológicas, religiosas ou por qualquer outra razão injustificável. Não querem investigar, beleza, pelo menos fiquem isentos e não vão a mídia dizer asneiras sobre o que vocês não tem competência para opinar. Ciência senhores não é achismo. É claro que com isto não quero dizer que não possa ser uma farsa ou qualquer outra coisa, porém só se saberá após se investigar e não ir a mídia com teorias estapafúrdias sem contudo analisar o fato para ter embasamento em suas afirmações. Ter responsabilidade com o que faz e vergonha na cara, já ajuda muito. Aproveitamos para agradecer ao nosso leitor Jahy Jesus Brito pelo envio do vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário